Notícias e Dicas

Conheça as causas, sintomas e tratamentos para a Endometriose

Quarta, 05 Maio 2021

 

Há muitas doenças que podem afetar o útero, sendo importante se atentar aos sintomas e buscar ajuda médica sempre que necessário. Um desses casos é a endometriose, que pode ocorrer em mulheres em período reprodutivo.

Saber reconhecer os sinais é o mais importante para evitar quadros graves. Sendo assim, trouxemos aqui algumas informações importantes sobre a endometriose, suas causas, sintomas e principais tratamentos. Acompanhe.

O que é Endometriose?

O endométrio é um tecido que reveste o interior do útero, cuja espessura varia durante o ciclo menstrual. Ele fica mais grosso durante o período fértil e se descama durante a menstruação. A endometriose é quando esse tecido uterino cresce para fora do útero, geralmente no canal vaginal e nas tubas. Porém, em casos extremos, também pode se desenvolver no intestino, na bexiga, no abdome ou outros órgãos.
Diferente do endométrio que cresce no útero, esse tecido não é eliminado naturalmente, o que causa seu acúmulo. É uma condição mais comum a partir dos 20 anos de idade, mas ainda é possível que ela ocorra antes da primeira menstruação.

Quais são suas causas?

Não há causas específicas associadas à endometriose, havendo apenas teorias voltadas para fatores genéticos, transmissão através do sangue e mutação das células no local da ocorrência, devido à concentração hormonal. Porém, existem alguns fatores de risco que podem ser apontados:

  1. Mulheres com ciclo menstrual muito curto ou que menstruam por muitos dias têm maior chance de desenvolver a doença;

  2. É mais comum ter casos de endometriose quando há outros casos com parentesco próximo.

A falta de uma causa clara também pode dificultar um pouco a prevenção, o que coloca ainda mais ênfase nas consultas médicas regulares.

Quais são os sintomas da endometriose?

O sintoma mais comum é a dor pélvica, a qual é causada por inflamação resultante da presença do tecido. É uma dor cíclica, a qual se inicia dias antes da menstruação e pode se prolongar por alguns dias depois.

Nos casos de endometriose profunda, que é quando ela se desenvolve fora do sistema reprodutor, envolve dor mais profunda nas contas e na barriga, que se acentua durante as relações sexuais. Um diagnóstico claro exige um exame mais profundo, podendo uma análise do tecido do órgão afetado ou um exame de imagem que identifica o endométrio no local incorreto.

Quais são os principais tratamentos?

A primeira opção costuma ser um tratamento via medicamentos, utilizando anticoncepcionais e outros remédios similares para controlar o ciclo menstrual e inibir a reprodução do endométrio. Também são usados analgésicos para aliviar a dor durante o período de tratamento.

Em casos mais graves, pode ser necessária uma intervenção cirúrgica, onde há a remoção do endométrio anômalo nos órgãos. Porém, esse é um procedimento de maior complexidade e risco, pois a doença pode se desenvolver em diversos órgãos de maneira pouco previsível, o que dificulta o procedimento cirúrgico.

Com essas informações, você já pode se atentar aos sinais da endometriose e buscar o tratamento médico ideal quando necessário. E se quiser encontrar a assistência que precisa, entre me contato com o Hospital Vale do Araguaia e marque sua consulta.