Notícias e Dicas

Agosto Dourado: juntos pela amamentação

Segunda, 01 Agosto 2022

 

Amamentar é um ato de amor da mãe para o bebê, não importa o contexto. Porém, esse ato também foi transformado em um tabu por vários anos, que colocaram a amamentação como um ato incivilizado ou inadequado para o público. Mas, na realidade, ele é natural e que promove a saúde do bebê e também da mãe.

Por isso que foi criado o Agosto Dourado, o mês do aleitamento materno e de incentivo à amamentação. Para promover esse ato de carinho e amor nos primeiros anos de nascimento.

A origem do Agosto Dourado

Esse mês teve sua origem em 1990, quando a Organização Mundial de Saúde (OMS) fundou a Aliança Mundial de Ação Pró-Amamentação. O objetivo era promover campanhas que aumentassem o reconhecimento desse ato e incentivassem as mães a amamentarem.

Porém, só no ano seguinte, 1991, que foi oficialmente criada a Semana Mundial do Aleitamento Materno, que ocorre em 2022 dos dias 1 a 7 de agosto. Naturalmente, o mês passou a ser conhecido também como o Agosto Dourado. Durante toda essa semana, são promovidas ações para conscientizar a população sobre a importância da amamentação e incentivar esse ato.

Os benefícios da amamentação

Além de ser a forma mais natural de alimentação para o bebê recém-nascido, o ato de amamentar traz benefícios tanto para a criança quanto para a mãe. Veja aqui os principais deles.

Fortalece a imunidade do bebê

O leite materno tem muitos outros componentes além dos necessários para alimentar o bebê. Ele também é carregado de anticorpos produzidos pelo corpo da mãe, ou seja, toda a imunidade dela também passa para o bebê. Se a mãe está saudável e vacinada, o bebê também terá uma camada de proteção contra todas essas doenças até chegar o momento de receber as próprias vacinas.

Fortalece o coração

Tanto para a mãe quanto para o bebê, a amamentação é uma forma de reduzir e prevenir problemas de saúde relacionados ao coração e à pressão arterial. Ele tem efeito anti-inflamatório, o que contribui com a regulação da pressão e evita maiores complicações no decorrer do seu desenvolvimento. Tudo para garantir o crescimento saudável a curto e longo prazo.

Acelera a recuperação pós-parto

Depois de dar a luz, é comum a mãe passar por um período de recuperação, onde seu corpo está esgotado de todo o processo. Porém, o ato de amamentar também contribui com essa recuperação. Já é comprovado que a mãe que amamenta o bebê regularmente tem melhor ganho de saúde nos primeiros meses, reduzindo o período de sangramento pós-parto e acelerando a perda do peso ganho nesse período.

Redução do risco de câncer de mama

Também há uma forte correlação entre amamentação e prevenção do câncer de mama. Mulheres que amamentam depois de darem a luz têm menores chances de desenvolver a doença ao longo de suas vidas. É mais tempo e qualidade de vida para aproveitar com os filhos e realizar outros projetos.

O Agosto Dourado é um lembrete da importância da amamentação. Algo que devemos lembrar o ano inteiro. Aqui no Hospital Vale do Araguaia, apoiamos por completo essa campanha e tudo que ela representa.